top of page
  • Foto do escritorVisya Oftalmologia

Ectrópio: causa, sintomas & tratamento

O ectrópio é uma condição que afeta a pálpebra, mais especificamente a borda da pálpebra inferior.


Ocorre quando a pálpebra se vira para fora, afastando-se do olho. Isso resulta na exposição da conjuntiva (a membrana mucosa que reveste o interior das pálpebras e a parte branca do olho) e da pele da pálpebra, o que pode causar uma série de sintomas e problemas.


Existem diferentes tipos de ectrópio:


1️⃣ Ectrópio involutivo: É o tipo mais comum e ocorre devido ao envelhecimento natural da pele e dos músculos ao redor dos olhos

2️⃣ Ectrópio congênito: Neste caso, a pessoa nasce com o ectrópio devido a uma malformação congênita dos músculos ou tecidos da pálpebra.

3️⃣ Ectrópio paralítico: Pode ocorrer quando há danos ou fraqueza no nervo facial, responsável pelo controle dos músculos da face.

4️⃣ Ectrópio cicatricial: Pode se desenvolver devido a cicatrizes ou lesões na pele da pálpebra, que causam a tração e a rotação para fora.


Os principais sintomas do ectrópio incluem:


📍Sensação de irritação e secura nos olhos.

📍Lacrimejamento excessivo.

📍Vermelhidão e inflamação na conjuntiva exposta.

📍Sensibilidade à luz.

📍Visão turva ou embaçada.

📍Infecções oculares recorrentes devido à exposição da conjuntiva.


👉🏻O tratamento do ectrópio depende do seu tipo e gravidade. Em casos leves, podem ser recomendadas medidas de cuidados oculares, como uso de lágrimas artificiais para aliviar a secura ocular. No entanto, em casos mais graves ou quando os sintomas não melhoram, pode ser necessário realizar uma cirurgia corretiva.



39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page