top of page
  • Foto do escritorVisya Oftalmologia

Saiba o que é a retina e quais doenças são mais comuns


A retina é uma das membranas do segmento posterior do olho. Ela tem como função transformar o estímulo luminoso em um estímulo nervoso que é enviado para o cérebro. É dessa forma que as imagens são formadas. Sendo assim, a retina tem um papel fundamental para o bom funcionamento da nossa visão.


Existem algumas doenças que podem afetar a retina e assim, prejudicar a visão. Veja quais são as doenças mais comuns e opções de tratamento.


Descolamento da retina tradicional

Esse tipo de problema acontece quando ocorre a formação de cicatrizes no vítreo e na retina e isso evolui para o descolamento da retina. Essa condição pode causar sérios problemas nos olhos, sendo que o diagnóstico precoce é fundamental para iniciar o tratamento o mais rápido possível.


As causas do descolamento da retina são:

  • Traumas;

  • Diabetes;

  • Distúrbios inflamatórios;

  • Pessoas com miopia são propensas a ter o problema.

Tratamento

O tratamento pode variar de acordo com a gravidade, extensão e tipo de descolamento. Um dos tratamentos mais utilizados é a Fotocoagulação com laser.


Retinopatia diabética

Esse é um tipo de doença que afeta pessoas que possuem diabetes e que podem ter a visão prejudicada. Essa doença é causada quando ocorrem concentrações bem altas de glicose e por isso, afetam os vasos sanguíneos localizados nos olhos. Dessa forma, esses vasos acabam se rompendo e provocam um vazamento de fluido na retina. Assim, a pessoa passa a ter a visão distorcida e embaçada. Quando não tratada, essa doença pode evoluir para o glaucoma neovascular, além de contribuir também com o desenvolvimento da catarata.


Causas da retinopatia diabética:

  • Descontrole da glicemia;

  • Duração do diabetes.

Tratamento

O tratamento para essa doença na retina é o controle das taxas de glicose no sangue. Para isso, o paciente precisa seguir uma dieta ideal para controlar a doença, além de tomar os medicamentos necessários, como insulina, por exemplo. O tratamento tem o foco de frear a progressão da doença ou retardar. Também existe a possibilidade de realizar cirurgia para o tratamento.


Tipos de cirurgia para retinopatia diabética:

  • Cirurgia a laser ou fotocoagulação;

  • Cirurgia de vitrectomia.

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

DMRI afeta a área central da retina e pode evoluir com baixa visão progressiva. Como o nome sugere, essa doença tem relação com a idade, sendo comum afetar pessoas a partir dos 50 anos de idade. Essa também é uma das principais condições que influenciam na cegueira.


A Degeneração Macular Relacionada à Idade é classificada em 2 tipos:

  • DMRI seca ou atrófica: tipo mais leve da doença, em que acontece as drusas (degeneração) localizada na região central da retina e assim, evolui para a atrofia, que pode causar a perda da visão.

  • DMRI úmida ou exsudativa: tipo mais grave da doença, em que ocorre a neovascularização sob a retina. Assim, ocorre a formação de vasos sanguíneos ruins, que podem causar a perda irreversível da visão.


Causas:

  • Progressão da idade;

  • Genética;

  • Hábitos do dia a dia;

  • Doenças crônicas;

  • Intensa exposição à radiação solar.

Tratamento

O tratamento da DMRI constitui na suplementação com vitaminas e minerais antioxidantes. Também pode ser indicado a injeção intravítrea de medicamentos, além de cirurgia de fotocoagulação a laser.


Tratamento preventivo é fundamental para diagnosticar doenças na retina

Cuidar da saúde dos olhos é fundamental para evitar doenças graves. Por isso, o tratamento preventivo é essencial para conseguir diagnosticar doenças ainda nos primeiros estágios. Sendo assim, consulte um oftalmologista pelo menos 1x ao ano, caso use óculos ou já tenha problemas de visão, consulte o oftalmologista para entender a frequência ideal para realizar os exames de rotina.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page